OS OLHOS DO MEU PAI

Meu pai, ALFREDO JORGE HESSE GARCIA

Meu pai, ALFREDO JORGE HESSE GARCIA

Pai,

hoje eu me vi

te vendo

no espelho

dos olhos

desse menino

que um dia foste;

Pai,

hoje eu me vi

em teus sonhos,

menino alheio

às intempéries –

um pouco aquele

que fui um dia;

Pai,

hoje que és memória,

distante no tempo,

eu sei que vivemos

tão pouco juntos,

mas o ínfimo vivido

deixou tantas saudades,

que hoje teu rosto

espelhando o meu,

os dos teus filhos,

os dos meus filhos,

me fez curvar o corpo,

estender a mão,

aguardar o beijo

e te dizer:

A BÊNÇÃO, PAI!

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s