PORQUE ME UFANO DE SER PROFESSOR

Não sou PROFESSOR. Estou professor. E nesse estar venho professando minha fé por já longos sete anos. Parece conta de mentiroso, mas não é. Tomo para mim as palavras que asseguram sermos nós, humanos, capazes de nos reinventarmos. Comigo tem sido assim.

O que sempre fui: humano. O que tenho sido ao cabo destes 51 anos de vida, profissionalmente, daria um romance: bancário (16 anos); radialista (3 anos); editor de texto em TV (3 anos); jornalista de impresso (21 anos); professor (7 anos). Dá quase o meu tempo de vida o quanto eu já atuei nestas profissões. Nenhuma, entanto, me deu tanta satisfação e ao mesmo tempo tanto estresse quanto a de professor.

O professor, parafraseando Euclides da Cunha, tem que ser, antes de tudo, um forte. Força para encarar o salário nada animador; para elaborar aulas criativas que superem, dia a dia, as anteriores; força para ser sempre bem-humorado – mesmo que as contas estejam todas atrasadas, a família doente, sem plano de saúde -, prestativo, colaborador. Se as coisas estiverem funcionando bem, todo professor já sabe: não espera elogios; mas, se desandarem, prepare-se para a caça às bruxas…

Porque, como a imprensa, professor é culpado de tudo: da indisciplina em sala de aula; das notas baixas dos alunos – mesmo daqueles que nunca foram a uma aula no semestre -, do baixo desempenho da instituição nas avaliações sazonais; das aulas que têm de ser com fogos de artifício e som 5.0 para chamarem atenção.

Mas, querem ver um sorriso no rosto de um professor? Basta ele encontrar um aluno – UM SÓ! – que seja craque na disciplina dele, aquele que pergunta, instiga o mestre a pesquisar, debate os assuntos em sala de aula, entrega os trabalhos no prazo acertado, não falta às aulas.

Esse aluno existe, saibam disso. Um dia ele será professor, aposto. E aí saberá dessa dor e dessa delícia que é ser chamado de PROFESSOR; uma pessoa humana, demasiadamente humana. Só isso.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s